Está a ponderar pedir um crédito pessoal? Saiba como fazê-lo.

Pedir um crédito pessoal: quais os critérios mais importantes?

Está a ponderar pedir um crédito pessoal? A Twinkloo responde às suas dúvidas

"Será que tenho condições para pedir um crédito pessoal? E como saber qual o banco que oferece melhores condições?"

A resposta a estas questões terá de ser analisada caso a caso, em função das condições financeiras do consumidor e também dos montantes de financiamento solicitados. À semelhança do que acontece num crédito habitação, ao pedir um crédito pessoal também tem de passar por um processo de avaliação do risco de crédito. O objetivo é perceber se o consumidor tem capacidade para reembolsar o valor financiado.

A boa notícia é que no crédito pessoal este processo é bastante mais célere e menos burocrático, comparativamente a um processo de crédito habitação – onde estão em causa montantes de financiamento mais elevados e prazos de reembolso mais longos.

Em alguns casos, o consumidor poderá obter uma resposta ao seu pedido de crédito pessoal em poucos minutos ou poucas horas após a submissão do pedido. A própria documentação solicitada pelas entidades financeiras para fazerem a avaliação do pedido é menos extensa. Em regra, as instituições pedem o documento de identificação, um comprovativo de morada, um comprovativo de rendimentos e comprovativos de rendimentos (cópia da declaração de IRS e recibos de vencimento).

Quais são os critérios que mais pesam na tomada de decisão sobre a concessão de um crédito pessoal?

Apesar do processo de avaliação do pedido de crédito pessoal ser rápido, tal não significa que seja sinónimo de crédito garantido. A entidade financeira vai ter em conta os seguintes aspetos antes de tomar uma decisão:

  • não ter créditos em incumprimento, nem histórico de pagamentos em atraso (poderá consultar o seu histórico de crédito do último mês através da Central de Responsabilidades de Crédito);
  • os rendimentos auferidos;
  • a estabilidade do vínculo profissional;
  • o histórico da conta bancária;
  • a taxa de esforço.

Existem ainda outros fatores que poderão ajudar o consumidor a ter uma resposta positiva quando pedir um crédito pessoal, nomeadamente, apresentar um segundo titular do empréstimo ou mesmo um fiador.


Como encontrar a melhor proposta de crédito pessoal para o seu caso?

Existem muitos bancos e entidades financeiras no mercado que disponibilizam soluções de crédito aos consumidores. No meio desta vasta oferta, a dúvida que surge é: como saber qual é a entidade que oferece as melhores condições?

Para conseguir navegar no mundo do crédito pessoal deverá solicitar simulações junto de várias instituições e solicitar a ficha de informação normalizada (FIN), onde ficam visíveis os custos associados ao crédito. Como as condições oferecidas diferem consoante a instituição, utilize a Taxa Anual de Encargos Efetiva Global (TAEG) e o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) para comparar as várias propostas.

Não tempo para fazer esta prospeção de mercado e quer “atalhar” caminho? Utilize este simulador para obter a melhor proposta para o seu caso pessoal.

LIGUEM-ME
GRÁTIS