Em que circunstâncias é preciso fiadores de Crédito Habitação?

Quando decidimos comprar casa, sabemos que, para conseguir um Crédito Habitação, precisamos de ter condições, estabilidade e, se possível, oferecer garantias. Isto porque o montante costuma ser considerável e a instituição de crédito só avança para a concessão de um empréstimo se tiver alguma segurança de que o receberá de volta. Uma das salvaguardas que pode pedir ao cliente é que tenha fiadores de Crédito Habitação. Mas é obrigatório? É possível que um Crédito Habitação ser aprovado sem fiador?

O que são os fiadores de Crédito Habitação?

De forma resumida, os fiadores de Crédito Habitação são as pessoas que ficarão responsáveis pelo pagamento do imóvel caso haja incumprimento por parte do titular do crédito. Isto é, se por algum motivo deixar de honrar o pagamento das prestações, a instituição de crédito irá cobrar as prestações em dívida ao fiador.

Quando é preciso fiador para um Crédito Habitação?

Ou seja, as instituições financeiras costumam pedir fiadores de Crédito Habitação quando consideram que existe o risco de o cliente não conseguir cumprir os pagamentos. O que significa isto? Geralmente, a entidade de crédito avalia a situação presente e passada de quem pede o crédito e considera se alguma destas situações se verifica:

  • Historial irregular

No caso de ter tido dívidas ou de ter liquidado outros créditos de forma irregular, será considerado um cliente de risco. Uma forma de avaliar esta situação é recorrer ao mapa de responsabilidade de crédito, disponível no Banco de Portugal.

  • Condições instáveis

Tem outros créditos que pesem nas suas contas? Não tem estabilidade profissional? O seu salário é baixo? Todas estas circunstâncias podem pesar na análise da instituição de crédito.

  • Taxa de esforço muito alta

Ao calcular a taxa de esforço, não convém que a mesma ultrapasse os 40%.

É possível conseguir crédito sem um fiador?

Embora dependa sempre da entidade financeira e da conjuntura económica, não é obrigatório ter fiadores de Crédito Habitação para conseguir um empréstimo. No entanto, para que o banco não considere essa salvaguarda, o cliente precisa de provar que é capaz de suportar o crédito sozinho e apresentar condições favoráveis, por exemplo:

  • uma entrada de um valor considerável ou uma taxa de esforço baixa;
  • a situação profissional deve ser muito estável;
  • caso tenha havido créditos no passado, ter um histórico de pagamentos regulares;
  • ter outras salvaguardas, como imóveis ou outros bens em seu nome.

Por fim, para mais informação sobre Crédito Habitação visite o site do Banco de Portugal.

Fale agora com a Twinkloo e fique a saber como garantir um crédito à sua medida.

LIGUEM-ME
GRÁTIS