Crédito à habitação: 5 passos para obter um empréstimo

Escolher uma casa à medida das suas capacidades e comparar vários bancos são ações essenciais. Consulte o nosso guia rápido sobre o crédito à habitação.

“Via Verde” para o crédito habitação: 5 passos para obter um empréstimo

Está a pensar comprar casa com recurso a financiamento? Siga o nosso guia rápido sobre o crédito habitação.

A subida dos preços das casas e das taxas de juro podem tornar-se num obstáculo para quem queira comprar casa com recurso a financiamento. Conheça as etapas essenciais para garantir um processo de crédito habitação bem-sucedido.

5 passos essenciais para obter um crédito habitação

Entre os principais aspetos a ponderar durante o processo de compra de casa com recurso a financiamento bancário, destacamos os seguintes:

1. Está preparado para suportar um empréstimo?

Segundo o Eurostat, mais de 77% das famílias lusas vivem numa casa própria. E no seu caso? Faça um “raio-x” ao seu orçamento familiar para perceber se tem (ou não) condições para comprar uma casa e suportar o empréstimo à habitação. Aspetos como ter uma poupança reservada (mínimo 10% do valor necessário + impostos), ter uma situação profissional estável, e apresentar uma taxa de esforço baixa são importantes para obter o aval de uma instituição financeira para obtenção de financiamento. Tenha ainda em conta que, se tiver um histórico de créditos em incumprimento, não conseguirá acesso a um empréstimo à habitação.

2. Solicite uma pré-aprovação do crédito

Pode solicitar uma pré-aprovação do empréstimo à habitação. Este documento não é vinculativo – ou seja, não garante a aprovação do empréstimo –, mas dá-lhe uma noção mais exata sobre se preenche (ou não) os requisitos necessários para a concessão de um empréstimo e qual o valor máximo de financiamento que pode obter. A pré-aprovação facilita também a pesquisa de casas que estão dentro do seu orçamento.

3. Compare as condições do crédito em várias instituições

Estando escolhida a casa é a altura de encontrar o banco que oferece as melhores condições de financiamento. Para comparar as diferentes propostas não olhe apenas para o spread. Analise também a TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global) e o MTIC (Montante Total Imputado ao Consumidor).

Sabia que a Twinkloo faz o trabalho de negociação com os bancos por si, encontrando a melhor solução disponível no mercado? Faça a sua simulação aqui.

4. Prepare toda a documentação necessária

Prepare a documentação que terá de apresentar junto do banco para a análise e aprovação do crédito habitação. Esta documentação é dividida em dois grupos: os documentos necessários para o banco analisar a capacidade financeira dos futuros proprietários e fiadores (ex: declaração de IRS, declaração de vínculo laboral, etc.) e os documentos relativos ao imóvel em questão (ex: certidão do registo predial, caderneta predial urbana, entre outros).

5. O crédito foi aprovado? Não se esqueça dos encargos adicionais

Depois da aprovação de crédito passamos à última etapa: a celebração da escritura. Recorde-se que existem vários encargos associados a esta etapa, nomeadamente, o pagamento do IMT (Imposto Municipal Sobre Transações Onerosas), do Imposto do Selo, do Imposto do Selo Sobre a Utilização de Crédito, bem como dos custos notariais e de registo.

Siga estes passos para ser bem-sucedido na missão de comprar casa.

LIGUEM-ME
GRÁTIS