Twinkloo Responde: Como garantir o crédito habitação mais barato?

Saiba como diminuir o seu encargo mensal com o seu crédito habitação

As contas a pagar parecem intermináveis e a grande preocupação é conseguir o Crédito Habitação mais barato. Mas como conseguir poupar?

Para isso, temos de ter em conta que o processo de compra de casa pode tornar-se numa verdadeira caixinha de surpresas, a solução passa por assegurar que não haverá surpresas desagradáveis.

Ou seja, o melhor é estar a par de todos os encargos que este processo comporta e do que os pode fazer variar.

Comissões dos bancos

Assim, desde a abertura até ao fim do contrato, existe todo um conjunto de comissões a cobrar pelo banco. Saiba quais são:

  • abertura e análise do pedido de empréstimo;
  • avaliação do imóvel;
  • tratamento de documentos;
  • formalização contratual;
  • processamento de prestação, já durante a vigência do contrato;
  • antecipação de reembolso, caso se verifique;
  • cancelamento da hipoteca no final do contrato.

Valor da mensalidade

Para começar, deve saber que o que pode determinar um Crédito Habitação mais barato é a taxa de juro. No entanto, pode optar por uma taxa fixa (que se mantém estável ao longo de todo o contrato), uma taxa variável (que resulta da soma do spread e da taxa Euribor) ou mesmo uma taxa mista. Mas repare que nestas contas, é preciso não esquecer a maturidade do empréstimo, sendo que o máximo é de 40 anos.

Assim, quanto mais estendido no tempo, menor será a mensalidade mas será maior o valor a pagar na globalidade do contrato. 

Seguros

Agora está na altura de fazer contas para garantir um Crédito Habitação mais barato, isto porque, não pode esquecer dois seguros:

O seguro de vida e o seguro multirriscos.

O primeiro, é exigido para cobrir o evento de morte do titular do contrato, variando consoante a seguradora, que analisa a idade, as condições de saúde e o montante em dívida.

O segundo, é o seguro necessário que precisa para cobrir os riscos do imóvel, neste caso, o montante a pagar depende do valor do próprio imóvel e também da seguradora escolhida.

Produtos associados

Assim, apresentados como formas de bonificar o spread, os bancos podem ainda assim exigir a adesão a alguns produtos ou serviços que não têm diretamente a ver com o contrato de crédito.

Como exemplos são: O caso da domiciliação do salário, a subscrição de seguros de vida e multirriscos da própria instituição, ou ainda uma utilização mínima do cartão de crédito.

Em conclusão, saiba que a melhor forma e a mais fácil de comparar todos estes custos e condições, deverá ser a de optar pelo Crédito Habitação mais barato é usar a TAEG e o MTIC. Saiba mais sobre estes valores, para isso consulte a ficha de informação normalizada europeia (FINE).

Escolha o Crédito Habitação mais barato com a ajuda da Twinkloo. Contacte-nos agora.

E para saber mais informação sobre Crédito Habitação no site do Banco de Portugal

LIGUEM-ME
GRÁTIS